Eu rompi com as minhas crenças para me libertar da depressão

Por: Su Gomila (España)

Lembro-me de que estava totalmente perdida e me afundei em uma forte depressão da qual esperava que alguém me tirasse. Nem psicólogos nem psiquiatras me ajudaram a derrubar aquele muro que estava entre a minha mente e o meu coração, impedindo-me de saber como sair de lá. Eu alternei entre ataques de pânico e depressão durante anos; estava farta de me afogar, farta de sentir que estava morrendo, farta de não viver, farta de esperar que alguém me resgatasse e me tirasse de lá.

De repente, alguém me contou sobre a Laura, uma garota que se dedicava à cura. Eu fui à casa dela. Ela me deitou no chão e começou a desdobrar todos os seus recursos, sua consciência e sua luz sobre mim: Reiki, geocromoterapia, massagem… toda a escuridão desapareceu e consegui respirar. Esse foi o primeiro raio de luz, o de perceber que tudo o que estava acontecendo não passava de uma posição mental da qual eu poderia me livrar, um medo infundado e abstrato.

Você está morta em vida!, disse ela, em um estalo, uma vez quando expressei meu medo de morrer.

Essa verdade me chocou e me fez reagir. Eram os anos 90, quando eu tinha cerca de 28 anos, quando tomei consciência do problema, da medida em que me forçava a manter uma situação de infelicidade e na qual, como prisioneira das minhas crenças, tinha condenado eu mesma de viver. Consegui a coragem e o mínimo de consciência para me tornar forte e me libertar, romper com tudo e fazer muito mais. Rompi com as minhas crenças e limitações, bem como com as da cadeia de mulheres que me antecederam ancestralmente e não tiveram a chance.

A partir daí começou meu longo caminho para a conscientização: aprendi massagem restauradora em uma escola chamada “mãos de luz” e nunca mais parei: massagem superior, Reiki, cinesiologia, cura espiritual, psicologia transpessoal, massagem metamórfica, geometria sagrada e oficinas de crescimento múltiplo que finalmente me levou onde estou hoje, focada nos Registros Akáshicos,em  sua leitura e sua cura. Descobri-los foi um bálsamo para a minha alma, um reencontro com a minha espiritualidade, um ser visto, compreendido e acompanhado de alma e sinto uma necessidade real de ser um canal para os outros e aproximá-los dessa mesma realidade que me trouxe muita paz, dando mais sentido e direção à minha vida.

Ao longo de todos esses anos, fui crescendo e alcançando a independência emocional, um empoderamento que me faz sentir autossuficiente e feliz sem precisar de mais. Sinto-me um aprendiz de toda a imensidão de sabedoria e conhecimento ainda por descobrir, mas tenho recursos para trabalhar, e é a partir daí que anseio partilhar da alma com outros seres e poder acompanhá-los, ser o seu canal, entrar em contato com eles como a Laura fez comigo, que fez um clique na minha mente e mudou a minha vida para sempre.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

A empresa processa seus dados para facilitar a publicação e gerenciamento de comentários. Você pode exercer seus direitos de acesso, retificação, exclusão e oposição, entre outros, de acordo com nossa Política de privacidade .